Seguidores

sábado, 8 de setembro de 2012

"Mamoeiro, 1925 – Tarsila do Amaral

Mamoeiro, 1925 - Tarsila do Amaral
Era uma vez...
Uma cidadezinha do interior com poucos habitantes, mas muito bonita, havia igreja, pés de frutas, árvores enormes, uma pontizinha, etc.
E nessa cidadezinha havia um menino chamado Joãozinho, ele era um menino muito esperto, mas adorava quando não tinha que ir a aula e ficava fingindo que estava dormindo quando sua mãe acordava.
Joãozinho sempre que ia para a escola observava uma casa que ninguém gostava de passar em frente, pois diziam que não morava ninguém ali a mais de 150 anos, e por isso Joãozinho tinha muita curiosidade em saber o que havia ali dentro, mas tinha muito medo.
Um belo dia ele resolveu inventar para a mãe que estava passando mau, e sua mãe o deixou ficar em casa, Joãozinho esperou sua mãe sair para o serviço e resolveu sair para explorar aquela velha casa... chegando lá ele pensou, pensou e resolveu entrar;  quando ele abriu a porta, deu de cara com um monstro horroroso que disse a ele: “ – Então você é o menino que gosta de gazear aulas não é? Então vou te mostrar o que acontece com meninos que gostam de gazear aulas.”
Joãozinho começou a correr, correr, e o monstro gritou: “- Se voltar você não sairá mais daqui!” E Joãozinho continuava correndo.  Ele atravessou a pontezinha e foi parar numa mata, até que ele notou que estava perdido e começou a chorar... de repente,  Joãzinho acorda e percebe que tudo isso era apenas um sonho.
Joãozinho acordou muito aliviado, desde esse  dia ele aprendeu a lição, nunca mais se atrasou para a escola e nem gaseou aula, e todos os dias quando a mãe o acorda, ele levanta e diz: “ _ Obrigado mamãe por me acordar, eu te amo, sabia que você é a melhor mãe do mundo?”


Créditos:  Kellen Dondoni – dez/2010
E.E.E.F.M. Elza Lemos Andreatta 

===========================================================



Para saber um pouco mais sobre o trabalho realizado em sala de aula com os alunos do ensino médio, clique AQUI.


obs.: os trabalhos ainda estão sendo digitados o que demora um pouco para tê-los por completo, vale lembrar também que nem todos os trabalhos serão aqui digitados.

Um comentário:

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...