Seguidores

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Seja uma Ursa Maior



Já te disseram que as estrelas não brilham?

A aparência de brilho se da porque no céu a imensos vestígios de poeira que cruzam na frente desses astros luminosos. Assim como as estrelas nós também não brilhamos, existem pessoas inferiores que cruzam nosso caminho, e nos fazem parecer brilhar.

Me pergunto o que seria esse brilho!?

Além de uma vida bem sucedida financeiramente e congratulações pessoais. 

O tempo passa, e nós vamos apenas crescendo, nos destacando em um meio ou em outro e brilhando 
como as estrelas, mas as estrelas também morrem, perdem o brilho, a luz e desaparecem.

E o que nós fazemos até esse dia chegar?

Bom, se pra você basta ter conseguido um bom emprego, constituído uma família, e seguir aquela velha e tola lei do nascer, viver, multiplicar e morrer, para mim basta que você prenda seus olhos somente até esta linha.

Mas se você assim como eu não se contenta com apenas o óbvio, que irá acontecer naturalmente, só quero dizer que falta algo, e você sabe que estou certa. Pois pra mim, isto tudo que conhecemos tem uma continuidade, algo que vai além...

Não quero jamais filosofias religiosas, longe de mim, porque mesmo criada em uma doutrina, não a sigo por ter o seguinte entendimento de religião.

A fé é algo acima de nosso entendimento, nos uni por um ideal, mas a religião que prega o que devemos seguir cegamente divide o homem e cria diferenças que leva ao sangue. Quero apenas dizer que o tempo esta passando, e nós nada estamos fazendo além de ocupar nossos pensamentos com coisas 
que jamais ficarão para a posteridade. 

Morrem as estrelas, somem as constelações, porém, aquelas que se destacaram serão lembradas para sempre.

Seja uma ursa maior, e não a estrela que fica ao seu lado.

Obs.: Texto escrito em uma das atividades dada em sala de aula no ano de 2011 e entregue a mim, pela aluna do 2o ano Maxine A.S., da E.E.E.F.M.Silvio Egito Sobrinho - Serra/ES


Imagem extraída do site http://www.oal.ul.pt/oobservatorio/vol10/n10/pagina4.html, acesso 05/07/2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...